AUTOFAGIA FASHION


Vai que as irmãs foram embora e o povo fashion tá curtindo resfriados mil, resguardos tipo pós-operatório, descanso, cama e família – ou só curtindo mesmo. E vai que enquanto luto bravamente contra umas e outras roupas desfiladas que teimam em se apoderar de meus desejos, a moda se reinicia para daqui a seis meses.

Fênix que é, esta lady desfalece a cada fim de temporada e renasce imediatamente após sua finitude para se construir, amadurecer, se revelar e finalmente fenecer com data e hora marcadas, a cada edição mais profissionalmente.

Além disso, artista talentosa à frente de seu tempo, expressa com uma antecedência semestral o que os pobres mortais de visão não tão costurada desejarão consumir e, como tal, carrega fama póstuma. Imediatamente após ser a grande ditadora do semestre a se vestir, como peixe morre pela boca e vê no recém-desfilado a sua própria morte, necessitando, pois, se reinventar ciclicamente nos intervalos de suas exibições para perpetuar sua existência. E enquanto morta pela edição passada corre atrás de enxergar a que está por vir para ressurgir, se alimenta do próprio repertório apresentado, que embora já proposto, até sua próxima edição lhe renderá inúmeros e revisitados editoriais de revistas, obsessivas vitrines de lojas e veículos que dela se nutrem para ter sobre o que dissecar, como este blog que vos fala, por exemplo.

Ainda bem que a temporada intenacional já deu seu start, pois a caça por alimento é diária, afinal. E este Avesso intenta vida longa.

E, aproveitando, você, leitor masculino internacionalmente fashion-antenado, se quiser pode que pode, até agora, apostar no cardigan, na bolsa de mão e no lilás.

Homens Gucci, Louis Vuitton e Versace para o verão 2009

E pode fazer como esses aí de baixo, que sem medo de nada nem ninguém, se arremessaram no guarda-roupa feminino, trazendo a idéia do corset para cima da camisa (que Herchcovitch, diga-se de passagem, já fez em seu feminino, outono/invero 2003) ou a idéia da saia como uma extensão desta mesma camisa/blusa/paletó (como fez, de novo antes, Alexandre, visionário talentoso e à frente de seu tempo, em seu verão recém-desfilado), ou então os dois (idéia de saia e corset) tudo numa peça só, como propôs Jill Sander.

Eles (re)visitam o guarda-roupa delas e vão de Prada, Jill Sander e Alexandre Mcqueen

e Alê vai de visionário.

o corset sobre a camisa (feminino 2003) e a saia partindo dela (masculino 2009)

E nós vamos de moda porque assim é como é.

🙂

Beijo e me favorita.

(fotos: Érika, sempre salvando)

Tags: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: