VÔO LIVRE DE DOMINGO

Seu marido foi à guerra. Do Iraque. Preferiu um país perdido há muito de si para se refletir e esconder seu não compreender do porquê do abater.

Seu pai foi à guerra. Do Vietnã. E seu avô à Mundial, a segunda delas.

À primeira, alistou-se o bisavô. Isso somente no século XX.

Sem entender nem as guerras nem os homens, deles resguarda a lembrança e os uniformes. E querendo a eles se costurar, ou protestar, à vestimenta dos martingales junta babados pubianos oferecendo à cega masculinidade a fertilidade feminina, num impulso súplico de gerar ao invés de exterminar.

E em silêncio caminha, sobrepondo fronteiras e rasgando costuras austeras com delicadas asas que eclodem em babados de seda, tal qual um passarinho vai aos poucos quebrando a casca do ovo para dele emergir seu vôo de liberdade.

Fazer moda está muito além de ser estilista.

Ainda bem.

(Para Alexandre e Alcino, sensibilidades muito além da masculinidade)

Fotos: Chic

Tags: , , ,

2 Respostas to “VÔO LIVRE DE DOMINGO”

  1. Thais Martinez Says:

    Oi querida Tati,

    nossa amei o texto, mto bom… aliás curti os looks propostos por este novo estilo mais despojado da moda, em poder mostrar e fazer moda sem pré modelos…

    mto bom

    beijus😉

  2. Michelle Campos Says:

    Oi Tati,
    Adorei o post! e passei pra dizer tb q voltei das mini férias e vamos trocando figurinha, tá?
    Bjkas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: