SEXTAS EM REVISTA – LISPECTORIANAS

– VESTIDO DE CINEMA –

Estou falando de vestido de artista de cinema que a gente vê na tela, descreve bem para a costureira – e na vida diária não fica bonito. O figurinista que desenhou o vestido para a tela sabe que ele será visto dos ângulos mais diversos e não apenas na altura dos nossos olhos, como na vida diária. Sabe que será iluminado para que se consigam efeitos especiais. Muitas vezes mesmo os tecidos são especialmente fabricados para os filmes, misturando fios diversos (até de metal) para se conseguir a especial fotogenia do conjunto. O figurinista da tela não cria apenas uma indumentária. É um criador de um personagem, um criador da segunda pele do ator – e quem admira é exatamente quem está sentado como espectador.Mas o mesmo modelo, copiado para a vida diária, poderá perder a magia e tornar-se um trapo…

Clarice como Ilka Soares para o Correio da manhã de 24 de outubro de 1960.

E quando a vida é real, quem desenha nosso personagem?

Qual é a sua segunda pele?

Tags: , , , , ,

Uma resposta to “SEXTAS EM REVISTA – LISPECTORIANAS”

  1. NÃO SOMOS APENAS ROSTINHOS BONIT...as rostinhos bonit... Says:

    Acho que desempenhamos vários personagens, que representam as múltiplas facetas da nossa personalidade.
    Belíssimas fotos, amamos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: