A CRISE DA METADE DA MEIA-IDADE

Nunca entendi muito bem porque a tal da meia-idade foi estipulada em 50 anos se quando de sua invenção a taxa de mortalidade esbarrava nos 78.

Já em dias de hoje uma pessoa senta e se encosta nos 100, então o termo me parece um pouco mais adequado. Ao passo em que se tornou, paradoxalmente, tão antigo.

Aos 50 tem muita mulher esbanjando mais músculos e menos celulites do que eu, de 27, e a idade praticamente sussura “al dente’ ou ‘just in time’ em vez de “tô passada”.

Já os 25…

Sem sacanagem, 25 anos soa muito mais propício a uma crise do que 50. Sim, porque hoje aos 50 você bem pode ter uma ‘áurea’ de 25, mas certamente com 25 não pode ter a conta bancária dos 50.

(Celebridades, modelos, políticos e afins não são sujeitos desta estatística, que fique bem claro).

Vinte e cinco é metade de 50 e se cinqüenta é a meia-idade de 100, 25 é a metade da meia-idade. Por outro lado, como já explicou certa vez a matemática, os valores inversamente proporcionais são fato. Logo, se na meia-idade você é passivo de uma crise, na metade dela (da meia-idade), os números proporcionais ao inverso lhe garantem o dobro desta uma crise. Assim sendo, aos 25 a crise vem ao quadrado.

Até creme anti-rugas para as de vinte-e-cinco já existe no mercado, antes mesmo que elas possam se dar ao luxo de pagar por eles. Tipo: “nós, o mercado, massacramos tanto você com a consolidação profissional feminina, com a competitividade inter-sexual, com a cobrança de que seja linda, carinhosa, habilidosa, boa mãe, boa amante, boa esposa, boa profissional, boa faxineira, garota-jovem-senhora de 25 anos, que elas, as rugas que tanto exigimos que não as tenham, já as descobriram e agora entram na lista de mais uma de suas preocupações. Desta forma você precisa, hoje, garota-jovem-senhora, aos 25, de um creme anti-idade para que quando esta, a idade, natural e inevitavelmente lhe chegar, você possa ser uma 50 com cara de sua metade. Assim você age aos 25 como se tivesse 50 e aos cinqüenta como se tivesse 25. R$ 95,00 o pote”.

Mais ou menos por aí vai a coisa. Na confusão inclusive.

Nesta hora o meu ‘eu’ implícito e escancarado deste texto inspira, pede o poder da palavra e pergunta: “tá, já entendi qual é a do vinteecinco… mas e os 27?”

Meu outro ‘eu’, o explícito e timidamente sugerido deste texto, funga e se esforça: “se 25 é a metade da crise da meia-idade ao quadrado e os 50 são os novos 25, então 37,5 é a metade que separa o ruim do melhor. Vinte-e-sete, portanto, é o início do ‘antes de melhorar, piora’.”

——————

COMO A MATEMÁTICA, EU PROVO:

——————

E COMO A NECESSIDADE DE ARRANCAR ESTE TEXTO DE DENTRO DE MIM VEIO ANTES DA CLARICE, HOJE O ‘SEXTAS EM REVISTA – LISPECTORIANAS’ VEM ASSIM, AO CONTRÁRIO. EU FALO O QUE PRECISO E DEPOIS PROCURO UMA CORRESPONDÊNCIA EM CLARICE.

E ELA SEMPRE TEM. UMA CORRESPONDÊNCIA:

” – RECEITA DA JUVENTUDE –

Você mesma poderá preparar sua receita de pele jovem. Trata-se de uma máscara que, por assim dizer, ‘passa a ferro’ seu rosto, alisando-o, fachando-lhe os poros, clareando-o. E agora passemos à fabricação do preparado:

Bata, juntos, 1 clara de ovo e suco de 1 limão. Leve-os, depois de bem batidos, ao fogo brando, deixando cozinhar até conseguir uma consistência untuosa.

Enquanto a mistura ainda está quente, espalhe-a pelo rosto e pescoço. Deixe permanecer por uns 20 minutos. Depois do que, retire-a com um pouco de água morna, seguida de abluções frias abundantes. Para que seja mais fácil retirá-la, passe, antes de sua aplicação, um mínimo de creme pelo rosto.

Se, depois de retirada a máscara, você sente a pele ‘repuxar’ ligeiramente, faça uso de creme hidratante, desses que são logo absorvidos.

Olhe-se agora ao espelho, e admire-se.”

Clarice como Ilka Soares para o Diário da Noite de 30 de agosto de 1960.

——————

Olhe-se agora ao espelho, e admire-se.

5 Respostas to “A CRISE DA METADE DA MEIA-IDADE”

  1. Thais Martinez Says:

    Oi Tati,

    concordo com vc plenamente com o que disse no texto, 25 anos pesa, aliás estou nele. Que fase não??? Acho que o comercial da Natura do 25+ é realista com essa realidade, das escolhas, das responsabilidades.. enfim, mulher, esposa, estudante, namorada, somos um pouco de tudo.

    beijus Tati

  2. katarina Gabriella Botafogo Says:

    oiiiiii adorei teu blog,estou entrando no mundo da moda
    expondo minhas idéias e minhas matérias no blog
    kmodela.wordpress.com dá uma passadinha lá…

    bjus!!

  3. katarina Gabriella Botafogo Says:

    oi valeu a atenção Tati, coloquei seu blog como link
    no meu….bjus!!!

  4. Thais Martinez Says:

    Tati, querida,

    obrigada pelo carinho sempre! Sucesso no trabalho sempre… vou bisbilhotar as cositas q vc anda traquinando, rsrs

    beijokas e parabéns pela criatividade

  5. Rodrigo Fernandes Says:

    gostei do que vc falou no poste e ate concordo com tudo ali espreso

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: