SPFW – DIA 2: ALEXANDRE HERCHCOVITCH

Alexandre.

Coleção absurda para texto à altura.

Sem modéstias porque somente quando reconhecemos nossos potenciais e nossas fraquezas, nossas conquistas e nossas tristezas, é que chegamos a algum lugar. Do contrário, é lugar algum.

Quando eu me emocionei pela segunda vez no dia.

Alexandre Herchcovitch por Tati Rodrigues para Oficina de Estilo:

…………………………………….

spfw inverno 2009: a pedra fundamental de herchcovitch

Quando alguma coisa se desmorona, os fragmentos podem ser reutilizados em novas histórias, dando origem a novos conceitos. Alexandre Herchcovitch não só desabou uma cidade como desconstruiu sua própria estrutura, reaproveitando-se de elementos que já lhe eram íntimos para narrar seu inverno 2009. Estavam lá as sobreposições de estampas, os brilhos e os casacos com babados atrás – babados estes super pontuais em seu verão passado e agora transformados em fileiras de pequenos retângulos cortados a fio e costurados lado a lado (tal como um cordão de bandeirinhas de festa junina, com cada uma bem pertinho da outra). As cores (preto, vermelho, chumbo, carbono e cinza esverdeado) se apresentaram foscas, mesmo quando tingidas em paetês, como se a poeira de um desabamento tivesse se assentado sobre as roupas.

herchcovitch1_spfw_2009

Os brilhos apareceram em muitos dos looks e foram um importante parágrafo nesta narrativa. Quando não eram eles, micro-predrinhas aplicadas faziam as vezes das já desfiladas tachas desta temporada. Truque bacana de levar do desfile para o guarda-roupa da vida real são estes brilhos acontecendo em punhos (tanto de blusas como de calças) e em barras também de blusas e de shortinhos. As sobreposições, tão comuns ao estilista, pontuaram muitas coordenações, principalmente na parte de baixo (mesmo que muitas das peças sejam únicas, somente aparentando efeito sobreposto) e embora difíceis de reproduzir, são idéias que podem se transformar em bons looks do dia-a-dia, como a sainha sobreposta ao shorts de paetê, styling inteligente para usar e arrasar.

herchcovitch2_spfw_2009(fotos Charles Naseh para Oficina de Estilo)

Por fim, os acessórios. Máscaras de dormir foram usadas como enfeites de cabelo (será que as pessoas estão acordando?), fundos de relógio se transformaram em colares (será que o tempo está acabando?) e bolsas imitando paralelepípedos foram levadas na mão – afinal, quem é que não tem pedras para carregar?

Nesta cidade desconstruída, Alexandre, mais uma vez, fundou seus alicerces.

…………………………………….

Tags: , , ,

3 Respostas to “SPFW – DIA 2: ALEXANDRE HERCHCOVITCH”

  1. Cristina Uetake Says:

    Nossa Tati… o que eram aqueles paetês com tingimento envelhecido?!?! Maravilhosos. E as calças e saias com as barras em paetês!!! Alexandre Herchcovitch é um artista visionário!
    Bjuuuuuuuuus

  2. alda Says:

    menina uma loucura a coleção do Alexandre, oque eram aquelas roupas que pareciam três peças mas na realidade era uma só!!!!??? loko, muito looko…
    bjuuu

  3. Katy Says:

    Adorei o texto! as analogias finais me fizeram parar e pensar sobre um ponto que não havia reparado no desfile! parabéns e obrigada pela bela leitura.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: