CADA UM FAZ O QUE PODE

Na Érika:

amarelo_erika

No Avesso:

amarelo_avesso

Faz um tempo que a empolgação urgente do postar se esvaiu. Um pouco. Dei uma cansada… Sei lá, fazer um blog há algum tempo deixou de ser visceral pra se transformar em obrigatoriedade de inserção comercial. E daí, saindo bem a mim, bodiei.

Claro, ninguém me obrigou a criar o Avesso ou a pretensamente inserí-lo no (blog)roll daqueles de moda. O fiz por naturalidade, por intimidade emocional e profissional com o assunto. Mas não tinha caído em mim da prisão de tal colocação até me sentir sem assunto pra postar. De verdade. Hoje em dia tem tanta gente escrevendo sobre moda, fazendo-o bem e com sucesso que os blogs, quase acidental e naturalmente, abandonaram sua gênese libertina de ausência de editoração para correrem atrás de noticiar, assim pura e simplesmente, o que outros grandes já fazem há bem mais tempo. Cadê a essência de diário pessoal? Cadê a essência do AUTORAL?

Bom, tudo isso começou a esquentar minha cabeça e como o assunto já foi tema de muita discussão, optei por me ausentar sem mais nada comentar. Antes, porém, dei vazão ao coração (novidade!) e (talvez por influência do curso de roteiro que estou fazendo) passei a  inventar pequenas estórias por trás de belas imagens de moda, como se estas imagens, de flagrantes do bem vestir, passassem a ser flagrantes de momentos vividos – sendo a vestimenta fotografada a consequência fashion da estória relatada. Às vezes curtos, outras (bem) maiores, os textos são, sim, uma espécie de inovação, mas, acredito, podem se esbarrar na ressalva (ou preguiça) a uma nova proposição – uma criação em moda (d)escrita. Tudo bem. O importante é a (auto) permissão e, confesso, adorei essa explosão. De repente não mais estava vinculada a um perfil de blog destinado a tratar dos 15 assuntos mais pautados do dia pelos outros veículos especializados em moda, mesmo que ninguém nunca tenha me vinculado a coisa alguma! Esquisito como a gente se auto-apreende a conceitos que nem nos foram diretamente impostos…

Vai lá que, amarrando ainda mais o bode, desencanei de acessar a net (com execeção da caixa de emails) por mais de uma semana – até voltar, hoje, e  me deparar com este post no About Fashion, escrito com muita propriedade pelo Luigi. É, pelo visto o incomôdo não me é exclusivo. Ufa e ainda bem. O bode se desamarrou.

Por fim, nessa análise toda acabei percebendo que, de fato, nunca me aprisionei ao cárcere das pautas necessárias: filosofei sobre a moda e seus símbolos quando quis; chamei o coração às palavras quando bem entendi; me preferi; fiz um post-resposta lúcido e consciente a uma grande jornalista quando achei por bem e inventei curtas por trás de frames de moda quando não pude mais não o fazer. Isso dentre tantas outras  coisas que mais de um ano de Avesso me permitiram desvirar.

Luigi, concordo e assino embaixo quando diz: “Aí, na ânsia de falar de tudo que esses sites falam, acabamos esquecendo alguns fundamentos básicos do que é ser um blog (…), uma coisa super subjetiva e pessoal, não?”

É, pode não ser muito de utilidade pública, mas o Avesso está muito mais pra postar as impressões subjetivas e pessoais de uma inquieta garota sobre o mundo que a circula (mundo no qual a moda se me insere) do que pra noticiar o que quer que seja. Espero que os leitores (muito queridos e estimados) assimilem bem esta inconstante – porém apaixonada – navegante.

Beijão pra todo mundo que tá aqui até agora.

Do Avesso.

🙂

Tags: , , , , ,

8 Respostas to “CADA UM FAZ O QUE PODE”

  1. Márcia Mesquita Says:

    antes de mais nada, a observação que fez do meu post: essa cosia prática que eu disse foi uma ironia porque o outro pensa assim e criamos brigas (ou melhor, eu crio ehehehehe). e acho sim, sem duvidas, que arranjar emprego é MUITO mais fácil que namorado ehahahahahha

    sobre seu post, seeeeeeeeeeeeempre me senti assim em relação ao meu. tanto que nao o levo a sério. ele é uma válvalua de escape dentro de um assunto que eu gosto mais e suas interdisciplinalidades. por isso é moda, mas é musica, é cinema…

    acho que blog não substituiu imprensa, porque são de naturezas diferentes. e quem troca o segundo pelo primeiro, se limita. outro dia até dei meu pitaco sobre isso aqui: http://www.agirafa.com/node/72
    e o pior foram as pessoas no meu blog apoiando uma opiniao que nao era a minha HAHAHHAAH enfim….

    beeeeeeeeeeeeeijos

  2. Márcia Mesquita Says:

    e me conta desse curso de roteiro! eu já fiz na faculdade, comecei a fazer cinema quando estava terminando jornalismo. mas só consigo inventar coisas sobre eu mesma HAHAHAH

  3. Heleninha Says:

    Amiga linda,

    Continuando nossa apaixonada discussãode sexta no apê sobre moda, concordo em gênero número e grau com o que você diz aqui. Quando comecei a ler os blogs de moda, lia uma montão. Depois foi ficando tão repetitivo que passei a ler um ou dois apenas (o seu incluso!)…Mas às vezes, vejo que até os que são mais pessoais ficam repetitivos, já que trata-se do mesmo grupo de amigos, falando das mesmas festas… Enfim, tô tentando um meio termo disso tudo lá no meu, quem sabe. Mas o mais importante de toda essa discussão é que seu blog pode ser o que quiser, seja mais moda ou como nesses últimos textos, que vai ser interessante. De forma que aguardo ansiosamente essa nova fase.

    Adoro,

    Bjão

  4. alda Says:

    engraçado é que lendo seu post me lembrei de quando comecei a acessar blogs alheios e não entendia bem p/ que servia ou o que era um blog, o pouco que sabia é que o mesmo tinha sido criado para servir como diário virtual, ou seja, p/ vc. colocar suas impressões pessoais da vida, desabafo mesmo, enfim, daí comecei a reparar que poucos, bem poucos mesmo faziam isso, talvez o seu é um dos poucos que têm esse perfil, até aqueles que conheci e que eram mais pessoais de repente se tornaram mais comerciais, sei lá pq., talvez por empolgação de falar sobre um determinado assunto que goste (moda, beleza etc) ou que esteja estudando no momento, talvez por uma auto cobrança em falar sobre o que a maioria está falando, uma forma de fazer contatos profissionais, se inserir no meio blá. blá, blá. Já tinha uma vez falado aqui sobre essa loucura que virou ter um blog e sobre a pressão que vejo em alguns blogueiros de estarem postando toda hora, até por conta de pressões de leitores desses blogs, já pensei algumas vezes em ter um, mas pensando melhor não quero (sério) rsrs não tô a fim de ser mais uma pessoas a ficar falando sobre as messsmas coisas (por mais que goste de moda e afins) acho que não teria saco, competência e muito menos prazer nisso, hoje blogs se tornaram fonte de informação full time, de ajuda e orientação, vejo que muitos agregam e ajudam bastante, principalmente aqueles de profissionais no assunto,e compreendo totalmente a tua canseira, apesar que desde que frequento teu blog sempre o achei diferente dos muitos que vejo por aí e acho que vc. o utiliza da maneira para qual ele foi inventado rs
    bjka e desculpa o livro que escrevi🙂

  5. Márcia Mesquita Says:

    ai, se jogaaaa, dou super apoio! mas ja vai fazendo um pé de meia porque cinema é pior que jornalismo na dificuldade de remuneração HAHAHA

    e adoooooouro esse network de blóguessss, ganhei leitoraaaa

    bjsss

  6. Cristina Uetake Says:

    Oi Tati, mas não some NÃO! Gosto muito dos seus textos que tem uma profundidade que muitos outros blogs não tem!
    Na minha opinião é um refresco por alguns minutos… eu gosto sempre de ter o que vc escreve! E postar, é verdade, nem sempre tem aquela inspiração! Mas passa… eu adoooooooro o Avesso! Sempre…
    Grande beijo!

  7. Jaque Says:

    De fato! E é pelo Avesso ser assim tão você que eu gosto tanto daqui😉

  8. Marta Dall'Olio Says:

    Sempre passo por aqui, mas até hoje, nem sei por qual motivo, nunca me manifestei… mas hoje preciso: AMO ESTE BLOG AINDA MAIS A PARTIR DE AGORA…🙂 🙂 🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: